Mais uma alegria, a direção que fiz para o grande amigo e ator, Maurílio Domiciano. 

Migrante cheio de graça, o futuro é convosco, bendito sois vós entre os humanos

E bendito seja o fruto de vosso ato, a miscigenação. Santo Migrante, mãe e pai de todos,

Rogai pelos tais senhores “donos da verdade”, agora e na hora de nosso migrar!
 

       “UM BRASILEIRO” conta a história do “José João da Silva”, um migrante radicado em São Paulo, que, após enfrentar inúmeras dificuldades, vive um grave momento de crise onde o suicídio se apresenta como sua única alternativa. Neste momento crucial lhe acontece uma revelação transformadora. Devido a ela, não mais se vê como fracassado e vítima, mas se compreende como o forte e especial que, apesar de todas as graves dificuldades, vence em força. Esta força tem sua origem em sua história e seus conteúdos pessoais, e que é o seu maior tesouro, com a qual impregna tanto seu dia-a-dia como suas ações e realizações junto à sociedade a sua volta. Revê memórias e as emoções que carregam, atualizando-as pelo viés da revelação, encontrando-as construtivas, amorosas, felizes. Seu olhar passa a ser o do observador consciente de seu papel, que mantém e fortalece sua capacidade inteligente de refletir a cultura diferente pelo viés da lucidez, criatividade, inteligência e bom humor. Desta forma “Zé João” se reconstrói e se reidentifica – liberta-se!

 

       O espetáculo se debruça sobre a questão daqueles que migram para as grandes cidades e passam a contribuir para a formação e desenvolvimento humano, social, econômico, estrutural e cultural dessas cidades. Partimos da idéia de que o protagonista não é um coitado e sofrido, como normalmente é considerado o migrante que não conquistou poder econômico ou social. Nosso intuito é mostrar que o migrante traz de sua região de origem a força e os conteúdos que o fará conquistar seus espaços na nova cidade. Isto representa a chegada de força, amor, fé, esperança e trabalho que são fundamentais para a formação da multifacetada realidade cultural e humana das cidades.

 

       O texto original, de Sergio Carvalho da Fonseca, fez parte do repertório do ator Maurílio Domiciano, que o experimentou durante quase dez anos, como performance, em suas andanças por cidades, teatros e grupos. Ao se estabelecer a parceria com o diretor Rubens Curi, este propôs mudança na concepção dramatúrgica, e o texto foi reescrito e ampliado, de forma a se tornar um espetáculo teatral e potencializar os aspectos positivos da questão do migrante e sua contribuição.

 

       O ator interpreta, além da personagem central, cinco personagens fundamentais na construção da história de Zé João.

 

       A cenografia, o figurino e a iluminação, respectivamente de Daniela Thomas, Claudia Schapira e Davi de Brito, dialogam pelo viés da diversidade cultural.

 

       A proposta é que “Um Brasileiro” se comunique através de um lugar onde a razão não seja o filtro principal, mas sim a emoção e as intensidades subterrâneas desta personagem que encontra o caminho da expressão inteira e espontânea, conduzida pela urgência da felicidade lúcida e inteligente.

 

  

FICHA TÉCNICA

 

 

Direção: RUBENS CURI

Elenco: MAURÍLIO DOMICIANO

Texto: SÉRGIO CARVALHO DA FONSECA e RUBENS CURI

Cenografia: DANIELA THOMAS

Iluminação: DAVI DE BRITO e VANIA JACONIS

Figurino: CLAUDIA SHAPIRA

Trilha Sonora: RUBENS CURI

Fotografia: MICHELA BRÍGIDA

Arte: VINÍCIUS PRADO

Duração do espetáculo: 60 minutos

© 2015 by Rubens Curi

Inscreva-se aqui!
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now