Honra e alegria por dirigir o espetáculo desta grande amiga e fundamental artista deste nosso Brasil.

       Elke Maravilha, acompanhada do músico e ator Adriano Salhab, através de canções e histórias vividas, faz uma viagem rumo à tomada de consciência. Seu início: quando Elke foi “puxada” pelo mar e ficou oito horas à deriva. Seu final: uma convocação para o encontro com a liberdade de ser. O espetáculo é um passeio por temas que sensibilizam e provocam a reflexão.

 

       A direção de Rubens Curi propõe que a presença marcante, forte carisma e potente energia amorosa de Elke, que é interprete personalíssima e grande contadora de histórias, se dê de forma intimista. A cenografia remete ao universo estético da casa de Elke. Pessoas do público serão convidadas ao palco, para que assistam o espetáculo bem “de pertinho”.

 

       Marcio Guedes Correa, diretor musical, encontra o melhor amálgama entre o repertório proposto, a força interpretativa de Elke e o talento e versatilidade de Adriano Salhab (viola, contrabaixo, rabeca, voz e arranjos). Além das canções, vários compositores foram “convocados” para criar paisagens sonoras para os “causos” de Elke.

 

       Elke Canta e Conta comemora os 70 anos de Elke, esse furacão que venta histórias, vividos sob o lema: O importante não é viver, mas conviver!

FICHA TÉCNICA

Interpretação e Figurino - ELKE MARAVILHA

Violão, Rabeca, Viola, Alaúde e Voz - ADRIANO SALHAB

Direção Geral e Cenografia - RUBENS CURI

Direção Musical - MARCIO GUEDES CORREA

Arranjos – ADRIANO SALHAB

Desenho de Luz – MAURILIO DOMICIANO

Projeto Gráfico – DOUGLAS TÉO

Produção - MAURÍLIO DOMICIANO

Fotografia - ESTÚDIO MANDALA

Filmagem - ETHOS VÍDEO

E aqui, vídeo de nosso trabalho anterior,

ELKE DO SAGRADO AO PROFANO,

também dirigido por mim.

Este vídeo foi dirigido por Edson Kumasaka

© 2015 by Rubens Curi

Inscreva-se aqui!
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now