Rubens Curi – Artista

Nasceu em Ponta-Grossa/Pr, morou em Curitiba/Pr

Vive em São Paulo/SP desde 1994.

“Iniciei em 1977, em Curitiba, com as artes plásticas, depois veio a dança e o teatro, tudo isto num processo absolutamente espontâneo, sem buscas ou esforços maiores.

 

 

 

Em meio a isto também descobri a delícia de me contar (e ao mundo que observo) através de palavras, frases e de tudo aquilo que surge da junção destas, inclusive as não estas.

 

Participei de coletivas e individuais, grupos de dança e de teatro experimental, atuei, coreografei, dirigi academia de dança, espetáculos, criei em conjunto e solitariamente e por fim, em 1992, entrei em mutismo, alienação, isolamento.

 

Mudei-me para São Paulo em 1994. O eremita se manteve em mim, juntamente com um lobo solitário adorável – grandes mestres, ambos, tanto no âmbito do sagrado quanto do profano. Embora produzindo artes plásticas, foram ainda quase sete anos “trancado na torre”, e também cognominado, por amigos, de “o mendigo da Paulista” (enobrece-me isto).

 

Em 2001, o botar o bloco na rua aconteceu com uma exposição individual no Espaço do Grupo Sátiros. A partir daí, além das artes plásticas, veio a direção de espetáculos, vídeo arte, cinema, literatura e música, está cada vez mais presente e motivadora.

 

Em 2010 inaugurei o espaço NCDR – Nova Casa Do Rubens, no meu apartamento para onde me mudei, no centro de São Paulo. Um miniteatro/cabaré, alternativo, não patrocinado, não comercial, onde eventualmente amigos ou/e eu apresentamos trabalhos em teatro, música e performance. Depois de 6 anos em atividade, encerrei o NCDR, pois, entendi que cumpriu sua função lindamente. 

 

Atualmente não sou e não quero ser tido como “profissional especializado” em nenhum dos compartimentos das ditas áreas da arte, pois hoje sei que o que mais me interessa é deixar que se exerça o artista, a fim de que cada vez mais eu o seja em mim. É assim, e só assim que me sinto íntegro ao dizer e fazer o que faço no momento em que estarei fazendo, independentemente da linguagem artística pela qual esteja me expressando.

 

Não busco! Regozijo-me ao virar esquinas e me com-frentar com a validação viva daquilo que exerço.”

Rubens Curi - 2015
Rubens Curi - 2011
Rubens Curi - 2004
Rubens - 1958 - 1 ano
Rubens Curi - 1978
Rubens Curi - Espetáculo Ritual
Rubens Curi
Rubens Curi - 1997

CURRÍCULO

© 2015 by Rubens Curi

Inscreva-se aqui!
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now